Fora Pezão, Fora Temer, Fora com a repressão fascista. VIVA A RESISTÊNCIA POPULAR NO RIO DE JANEIRO!

dez 6th, 2016 | By | Category: Liga Operária

O Pacotaço dos venais e corruptos governos Pezão/Temer&quadrilha de cortes salariais e cortes de outros direitos transformou a área da Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro) e ruas do centro da cidade do Rio em praça de guerra. Para assegurar a votação do pacote de crimes contra os servidores e a população do Rio de Janeiro, o governo bandido acionou sua tropa de assassinos para atirar e jogar bombas contra a população.

Blindados, helicópteros e a cavalaria foram lançados contra o povo e toda violência dos assassinos do Bope instigada contra o manifestantes (em sua maioria, servidores públicos, entre eles policiais civis, bombeiros, agentes penitenciários, professores e também estudantes que protestavam e foram impedidos de entrar na chamada “casa do povo”, na verdade, casa de tolerância e dos crimes mais escusos).

alerj-prote2a

Os assassinos do Bope da PMRJ e da Força Nacional de Segurança atacaram indistintamente a população lançando nuvens de gás lacrimogêneo, gás de pimenta, bombas explosivas e também inúmeros disparos com munição de elastômero. A cavalaria investiu contra os populares e helicópteros deram cobertura a truculenta repressão ordenada pelo governo de ladrões de colarinho branco.

Militares do Bope invadiram até a Igreja de São José, que fica ao lado da casa legislativa, em sua ânsia assassina de atacar o justo protesto e usaram o local como base para lançar bombas explosivas, gás lacrimogêneo e atirar balas de elastômero contra os manifestantes. Os policiais militares quebraram os vidros do segundo andar da edificação para melhorar a mira e atirar na multidão.

A Igreja de São José, construída em 1807, já foi utilizado como igreja Matriz da cidade do Rio de Janeiro e, de acordo com o Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), não apenas a igreja, mas todo o seu acervo, são tombados.

Enquanto a PM jogava bombas de efeito moral e gás lacrimogêneo contra os manifestantes, os servidores revidavam chutando as bombas de volta, jogando fogos de artifício contra os agentes da repressão e, tudo que pudessem arremessar, como pedras, cocos, pedaços de pau etc.

O gás lacrimogêneo e de pimenta chegou até ao plenário da podre Assembléia Legislativa onde os corruptos deputados maquinavam e votavam o pacotaço antipovo. O comércio foi fechado e houve relatos de cheiro de gás invadindo os restaurantes e escritórios.

7igfpgspjyxnq41drd1gnulgz

Enquanto as tropas de assassinos da polícia barbarizavam nas ruas, dentro da podre Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) a cambada de corruptos deputados aprovaram mudanças no calendário de votações das medidas que fazem parte do pacotaço de arbitrariedades do Governo do Estado. A intenção dos corruptos e venais deputados é que os malditos projetos sejam votados até a próxima segunda-feira (12/12), e não mais até o dia 15.

15369045_776254802532667_2081599319879894887_o

15391386_776210339203780_2730516591243644924_o

Os manifestantes reagiram contra a violência policial, muitos se protegeram com capacetes e máscaras, lançaram pedras e rojões e fizeram barricadas. Há relatos de mais de 30 manifestantes feridos e nove detidos mas cerca de 11 policiais militares agressores também ficaram feridos. A tropa de policiais assassinos e covardes, os corruptos deputados, o venal governo do Rio de Janeiro e o governo Temer foram mais uma vez repudiados pela população.

15369955_776210292537118_8058137571517763840_o

A rebelião se justifica!

Fora Pezão/Cabral, Temer & quadrilha!

Preparar a Greve Geral!!!

Comments are closed.