Viva a justa luta dos caminhoneiros! - Liga Operária

Viva a justa luta dos caminhoneiros!

mai 24th, 2018 | By | Category: Liga Operária, Luta Classista

Apoio a greve dos Caminhoneiros

O SindiTodo apoio à luta dos caminhoneiroscato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção de BH e Região Metropolitana (Marreta) e a Liga Operária vêm através desta, trazer uma saudação classista e combativa a todos os bravos caminhoneiros do Brasil, que estão em luta contra os abusivos preços do combustível desde 21 de maio e que seguem firmes na luta, para alcançarem seus objetivos.
Sabemos do quão valoroso é o papel de cada caminhoneiro em um país cujo modal de transporte tem como base o rodoviário e a luta dos companheiros é dura para cumprirem prazos de entrega e extraírem algum lucro para sustentarem suas famílias com dignidade, principalmente com os extorsivos preços do combustível, da manutenção do caminhão e do pedágio.
Os companheiros tem sofrido ainda mais, desde sancionada a lei 13.103/2015 (lei da escravidão e garrote para os motoristas). Por essa lei 13.103/2015 a jornada de trabalho dos motoristas fica sem horário fixo de início, decreta o fim dos intervalos; aumentada de 8 horas para até 12 horas; podendo ser elevada sua duração pelo tempo considerado “necessário até o veículo chegar a um local seguro ou ao seu destino”. Não é considerado trabalho efetivo o tempo em que o motorista está à disposição do empregador, durante os denominados intervalos para refeição, repouso e descanso e o “tempo de espera”. Ou seja, revogou a lei Áurea, colocando condições precárias à categoria.

O velho Estado brasileiro, dominado por grandes burgueses e latifundiários, submisso ao imperialismo, principalmente ianque, está atravessando uma profunda crise política, econômica, moral e agora militar e para tentar “se salvar” esta colocando em curso um golpe contrarrevolucionário preventivo, contra um inevitável levante das massas populares, que estão cansadas de esperarem por promessas de oportunistas eleitoreiros e cada vez mais aumenta o seu rechaço a farsa eleitoral e tomam as ruas de forma mais radicalizadas.
O nosso país é submetido aos ditames de uma política econômica que vem de fora, principalmente do FMI, Banco Mundial e do FED (Banco Federal dos EUA), que controlam o preço do dólar e submete suas colônias e semicolônias à sua política de austeridade (corte de direitos) e conta com os monopólios de imprensa, que cumpri um papel chave na desinformação do povo. Logo começarão a fazer drama e sensacionalismo, para tentarem colocar a população contra essa justa greve. Por isso, o Marreta e a Liga Operária reafirmam o apoio a esse justo levante e conclamamos as demais categorias a seguirem o exemplo dos companheiros caminhoneiros, para iniciarem uma preparação de uma necessária Greve Geral, não apenas contra o abusivo preço dos combustíveis, mas contra toda carestia de vida, contra todas essas “reformas” e leis que retiram direitos do nosso povo e o coloca em situação de trabalho escravo.

Preparar uma Greve Geral com todos os trabalhadores brasileiros!

Comments are closed.