Preparar a Greve Geral! Viva o 1º de Maio Classista!

abr 29th, 2018 | By | Category: Destaque, Liga Operária, Notícias Recentes
Bol 1º de maio de maio 2018

Clique na imagem e baixe o boletim na integra

Neste 1º de maio saudamos o proletariado internacional e as massas oprimidas de todo o mundo pelo seu dia. Em nosso país, saudamos os jovens e anciões, todos os trabalhadores, homens e mulheres, da cidade e do campo, indígenas, quilombolas, que tão bravamente combatem e resistem às investidas do imperialismo contra os seus direitos.

Diante da grave crise que atravessa todo o sistema imperialista, este aumenta a exploração nas colônias e semicolônias, aplicando medidas nefastas, antipovo e antinação, para tentar amenizar os sintomas de sua crise. Povos do mundo inteiro se levantam cada vez mais de forma organizadas e radicalizadas contra tudo isso.

Recentemente o povo da Nicarágua sentiu na pele a imposição dessas medidas imperialistas e tomaram as ruas com ações radicalizadas e decisivas, mostrou na prática o caminho para barrar tais medidas, obrigando o gerente Daniel Ortega a recuar da tentativa de destruição da Previdência Social. A mesma política do imperialismo principalmente ianque é aplicada no Brasil, impondo “reformas” trabalhistas, previdenciárias, sindicais e sociais.  Criam leis e decretos antipovo (lei “antiterror” e a Intervenção Federal), seguindo fielmente os ditames da cartilha ianque.

É contra essa política de submissão e cortes de direitos do povo, que temos de preparar a nossa Greve Geral. Exigir os nossos direitos de volta, usurpados pela famigerada “reforma” trabalhista (lei 13.467/17) aprovada por esse corrupto Congresso Nacional e sancionada pelo mafioso Michel Temer (MDB). Temos de destruir esse velho Estado burguês/latifundiário e temos de buscar unificar nossas forças de luta, para potencializar a nossa defesa. Fortalecer a  aliança operário-camponesa, em luta secular contra a dominação do latifúndio, que através da Revolução Agrária, busca destruir o latifúndio, para distribuir terras ao povo pobre.

Aumentar a nossa luta contra a carestia de vida; a falta de moradia; saúde; o desemprego e pela construção de um movimento sindical classista e combativo, para combater essa crise moral, política, econômica e militar, que tenta colocar a conta para o povo pagar. A grande burguesia e os latifundiários, apoiados pelos ianques, arquitetam um golpe contrarrevolucionário, inevitável para tentar conter os massivos levantes populares. Os monopólios de imprensa apontam “soluções” conciliadoras e sob a ilusão eleitoral, tentando fazer crer que o país esta “sendo passada a limpo”.

A pugna entre as frações da grande burguesia e do latifúndio aumenta com a Intervenção Militar no Rio de Janeiro, já no início dela os grupos locais, que dominam o estado fluminense, colocaram na mesa do interventor general Braga Neto, dois corpos o da vereadora Marielle e do motorista Anderson, executados no dia 14 de março, causando revolta e indignação, que colocou um exército de manifestantes nas ruas do país exigindo justiça, a qual esse velho Estado – cujo modus operandi tem como essência a corrupção, não pode lhes proporcionar.

A cada ano aumenta o boicote a farsa eleitoral e o povo vê cada vez mais a necessidade de uma Revolução e é dever dos lutadores classistas, aumentar o repúdio a essa farsa e preparar o povo para uma luta decisiva e ajudar a construir um caminho para a inevitável Revolução: Democrática, Agrária e Anti-imperialista em nosso país!

Viva o 1º de Maio classista e combativo!

Abaixo as “reformas“ antipovo de Temer e quadrilha!

Abaixo a milicada lambe-botas dos USA!

Preparar a Greve Geral!

Abaixo a Farsa Eleitoral!

Clique aqui e baixe o boletim completo

Comments are closed.