Liga Operária

Liberdade para Mumia Abu-Jamal e para os operários de Jirau

mai 18th, 2012 | By

Liberdade para Mumia Abu-Jamal, para os presos palestinos, para os operários grevistas de Jirau e todos trabalhadores e pobres que estão encarcerados por estes Estados policiais e fascistas que dominam os povos de todo mundo. O sistema capitalista está podre e para manter tentar manter intacto o seu cruel sistema de dominação e exploração a

[Leia mais...]



Operários de Jirau presos e torturados no Presídio Urso Branco, sem atendimento médico e correndo risco de morte

mai 16th, 2012 | By

Porto Velho, 16 de maio de 2012 Assunto: Operários de Jirau presos e torturados no Presídio Urso Branco, sem atendimento médico e correndo risco de morte. Enviamos essa carta-denúncia a imprensa, ao governo, partidos políticos, entidades sindicais, e responsabilizamos diretamente ao governo federal Dilma Rousseff, governo de Rondônia Confúcio Moura, ministros Gilberto Carvalho, José Eduardo

[Leia mais...]



Operários denunciam péssimas condições de trabalho nas obras dos estádios

mai 9th, 2012 | By

Esta situação de péssimas condições de trabalho no novo estádio do Grêmio é a mesma de todos os canteiros de obras dos demais estádios e obra do PAC: comida estragada, alojamentos precários, banheiros imundos, risco de acidentes e etc.



CANALHICE: Usina Santo Antônio destrói casas e sítios de ribeirinhos e diz que não tem culpa

mai 9th, 2012 | By


Povos indigenas são atingidos e massacrados pelas usinas

mai 9th, 2012 | By

Imagens do líder indígena da etnia Kaxarari, o jovem Ari, exigindo uma solução para o processo de indenizações dos índios e ribeirinhos. Na audiência pública da Comissão Parlamentar de Inquérito realizada em abril de 2010, foram denunciados os crimes cometidos contra os povos originários, irregularidades nas verbas indenizatórias das obras das usinas de Jirau e

[Leia mais...]



SUCATÃO – Ônibus que presta serviço para Usina Santo Antônio desmonta enquanto transportava trabalhadores

mai 9th, 2012 | By

Reproduzimos matéria do Rondônia ao Vivo No dia 13 de abril, um ônibus da Lehia, empresa prestadora de serviços de transporte para o consórcio construtor Santo Antônio simplesmente perdeu o eixo traseiro enquanto trafegava pela avenida Imigrantes, região Norte de Porto Velho. Um grupo de trabalhadores estava sendo conduzido no momento do acidente, porém fora

[Leia mais...]



Palestra do Professor Renato no Encontro de Educadores do Campo na Unir

mai 7th, 2012 | By

Reproduzimos vídeo enviado pela Liga dos Camponeses Pobres com palestra feita pelo Professor Renato Nathan Gonçalves Pereira, em 2007,  no Encontro de educadores do campo na Universidade de Rondônia em Porto Velho. O Professor Renato Nathan foi covardemente assassinado no dia 9 de abril por policiais civis de Ouro Preto do Oeste – RO. Ele

[Leia mais...]



Usinas causam caos social, ambiental e trabalhista em Rondônia

mai 7th, 2012 | By

USINA DE SANTO ANTÔNIO – Animais silvestres morrem afogados no lago da Usina, consórcio construtor diz que foram apenas cerca de 500



BELO MONTE: Conluio de pelegos, empreiteiras, justiça e governo para sufocar greve e manter escravidão

mai 4th, 2012 | By

A declaração do pelego Sintrapav (Sindicato dos Trabalhadores da Construção Pesada do Pará) de fim da greve em Belo Monte, após reunião, na noite de quinta-feira (3/5) com representante da CCBM (Consórcio Construtor de Belo Monte – construtora Andrade Gutierrez/Odebrecht,etc.) e alegação de execução da multa diária de R$ 200 mil fixada pela Justiça do

[Leia mais...]



21 de abril / 2012: A Manifestação contra os torturadores em Ouro Preto e que a imprensa ocultou

mai 3rd, 2012 | By

Na noite deste 21 de abril, do ano de 2012, em Ouro Preto, o espírito libertário do Alferes Joaquim Jose da Silva Xavier, o Tiradentes, e o de todos outros Conjurados, pairou sobre os paralelepípedos das históricas ruas e praças da antiga Vila Rica. Mas eles não estavam no palanque oficial de “autoridades” bem nutridas,

[Leia mais...]



Belo Monte: Ilegal é o baixo salário, as péssimas condições de trabalho e a repressão policial

mai 2nd, 2012 | By

Os mais de 7 mil trabalhadores da construção da usina hidrelétrica de Belo Monte, no Pará, continuam em greve, determinados a arrancar melhoria das condições de trabalho, direito de nove dias a cada três meses para visitar as suas famílias, e não a cada seis, como funciona atualmente, aumento do valor do vale-alimentação de R$

[Leia mais...]



Viva o 1º de Maio classista e internacionalista!

mai 1st, 2012 | By

A Liga Operária, o Sindicato dos Trabalhadores da Construção de BH – Marreta, a LCP – Liga dos Camponeses Pobres, o MFP – Movimento Feminino Popular, a Frente Revolucionária de Defesa dos Direitos do Povo, e outras entidades classistas realizaram a CELEBRAÇÃO DO 1º DE MAIO CLASSISTA, COMBATIVO E INTERNACIONALISTA. O ato aconteceu na sede

[Leia mais...]



CANALHICE: Governo do PT cria tabela para reduzir e cortar o auxílio-doença

abr 24th, 2012 | By

Pela tabela intitulada “Tempo Estimado para Recuperação de Capacidade Funcional baseado em Evidências”, doenças como, por exemplo, tenossinovite (L.E.R.) tem o prazo para cessar em 15 dias. Intoxicação de 3 a 10 dias. Tuberculose e Lepra em 30 dias. Depressão em até 120 dias e doenças como câncer, infarto, meningite e Parkinson em no máximo

[Leia mais...]



Belo Monte: Nova revolta contra as péssimas condições de trabalho

abr 24th, 2012 | By

Os operários do canteiro de obras da usina hidrelétrica de Belo Monte voltaram a se rebelar contra a exploração perpetrada pelo Consórcio Construtor Belo Monte (CCBM) (Odebrecht e Cia.) que não cumpriu com o acordo da última greve. A nova paralisação iniciou dia 23 de abril.  É a terceira greve em menos de 6 mêses.

[Leia mais...]



CAMARGO CORRÊA E SUEZ ABANDONAM TERCEIRIZADOS E OPERÁRIOS PEDEM SOCORRO

abr 23rd, 2012 | By

Operários abandonados no serviço de desmatamento de Jirau estão há mais de seis meses com as carteiras em aberto, sem receber salário e sem acerto rescisório. Por causa das aflições e sofrimentos um operário sofreu AVC e ficou hemiplégico. Todos passam muitas dificuldades onde estão alojados. “Tenho dois filhos em Cacoal, um de 9 e

[Leia mais...]



Nova Greve dos Operários de Belo Monte

abr 23rd, 2012 | By

Operários bloquearam acesso às cinco frentes de trabalho da usina. Manifestação começou no km 27 da rodovia Transamazônica. Os operários da usina de Belo Monte, em Altamira (PA), iniciaram nesta segunda-feira, dia 23 de abril, nova paralisação por melhores condições de trabalho. A categoria fechou o principal acesso aos cinco canteiros de obras da usina,

[Leia mais...]



Negociatas e crimes da Camargo Corrêa e GDF-Suez – Incêndio foi feito pela Camargo

abr 17th, 2012 | By

Incêndio foi feito pela Camargo



JIRAU: Empreiteiras usam “Força Nacional” para reprimir os operários

abr 17th, 2012 | By

Veja como o engenheiro Yuri, da empreiteira Enesa e “Força Nacional” pressionam os operários para voltarem ao trabalho. Operário denúncia o envolvimento da construtora Camargo Corrêa no incêndio dos alojamentos. Barulho dos tiros disparados pela polícia no canteiro de obras contra os operários.



JIRAU: Inspeção trabalhista ou policial-militar?

abr 12th, 2012 | By

A inspeção da Justiça do Trabalho realizada no canteiro de obras da usina de Jirau, dia 7 de abril, não passou de uma farsa. A verificação da situação de segurança e acomodação dos trabalhadores na construção foi totalmente deixada de lado. Os operários foram constrangidos pelo grande aparato repressivo presente na obra e o que também acompanhava a juíza federal do trabalho substituta Maria Rafaela de Castro. A intervenção da direção das empresas do canteiro de obras na inspeção também ficou bastante evidente.

No dia da inspeção havia mais de 250 policiais da Força Nacional e da COE-RO em todas as áreas do canteiro de obras. O procurador Francisco Cruz ainda teve o desplante de declarar: “se o policiamento fosse realizado por um quantitativo maior de policiais, a sensação de segurança também aumentaria”.

Só falta o governo/polícia querer colocar tornozeleira eletrônica em cada operário e chibata nas mãos dos chefes. Segundo os operários o canteiro de obras de “Jirau virou uma penitenciária federal”.

É inaceitável a ação repressiva e escravocrata que o governo/ Camargo Corrêa/GDF-Suez fazem contra os operários de Jirau para continuar impondo as cruéis condições de superexploração e péssimas condições de trabalho.

É inaceitável que em Jirau a própria legislação trabalhista não seja cumprida, que os operários sigam presos com base em acusações sem fundamento, não tenham a garantia do vínculo de emprego assegurada, a insegurança e riscos no local de trabalho, a precariedade dos alojamentos e da comida continue.



Professor é executado pela polícia em Rondônia – Campo Novo

abr 12th, 2012 | By

Com grande pesar e profunda indignação a Liga Operária reproduz a nota do Cebraspo sobre a covarde execução do professor Renato Nathan Gonçalves Pereira perpetrada, segundo moradores, pela polícia em Campo Novo, Rondônia. Externamos nossos sentimentos aos familiares e amigos, e nos somamos ao brado das entidades populares e democráticas de exigência de imediata e

[Leia mais...]